As treze atrações imperdíveis de Fernando de Noronha

Não, não é truque de imagem. Os tons de azul e verde da água do mar, o céu dourado no pôr do sol, o colorido dos corais de peixinhos são pura verdade nas fotos acima, de Fernando de Noronha, em Pernambuco.
Na categoria turismo de natureza, certamente este é o melhor destino de praia do Brasil. Em Noronha estão três praias que ganharam cinco estrelas do GUIA QUATRO RODAS BRASIL 2013 - da Baía do Sancho, da Baía dos Porcos e do Leão. São as melhores, mas seria um vacilo ignorar as outras dez praias de quatro estrelas do arquipélago como do Boldró, a Cacimba do Padre e da Conceição.
E não é beleza apenas para fotografar, mas para curtir. Noronha tem as melhores condições para prática de mergulho autônomo (visibilidade horizontal que chega a 50 metros) e, naturalmente, de mergulho livre (com snorkel). Nos meses de janeiro e fevereiro, chegam os surfistas que vão encarar as ondas de até 5 metros.
O arquipélago pode ser visitado o ano todo, já que a temperatura é estável, entre 25° e 30° Celsius. Mas para a maioria dos turistas os melhores meses são setembro e outubro, quando o mar está calminho e chove bem pouco por lá - não se engane, pois a procura pelo destino sempre é grande, reserve tudo com antecedência.
Mas, para desfrutar das praias mais belas do país, é preciso esquecer o conceito guarda-sol e cadeira de praia ao som do ritmo da moda. Mesmo que você tenha bancado as hospedagens mais luxuosas, como a Pousada Maravilha ou a Pousada Zé Maria, você terá que aderir ao clima despojado de Noronha. Em quase todas as praias, não há infraestrutura para o banhista. Nada de barracas, banheiros, chuveiros. Para mergulhar em algumas piscinas naturais, os monitores ambientais exigem que os visitantes não passem filtro solar no corpo, pois os componentes químicos do produto prejudicam a vida marinha. E nada de tocar nos corais, que são frágeis.
Para chegar até a areia, provavelmente você subirá em um buggy ou fará uma caminhada por uma trilha (algumas curtas, outras bem cansativas). Coloque uma garrafa de água na mochila, calce as papetes e comprove que vale a pena abrir mão do conforto para este contato privilegiado com a natureza.

Confira a partir de agora as treze atrações imperdíveis de Fernando de Noronha.

Praia do Sancho
Não há como negar, esta é uma das praias mais bonitas da ilha - e do Brasil. Entre os ingredientes que justificam a fama estão a faixa de areia dourada, emoldurada por falésias, a água cristalina, os corais e a rica fauna marinha que você admira flutuando equipado com snorkel. Não à toa, recebe cinco estrelas no GUIA QUATRO RODAS BRASIL 2012. Quem chega por terra vai suspirar ao se deparar, a partir do mirante (foto), com a linda combinação de cores da praia. Para alcançar a areia, é preciso descer (com cuidado!) por uma escadinha de uma fenda. Se você fizer os passeios básicos de Noronha, certamente vai passar por aqui, de buggy no Ilhatur ou de barco. Mas faça um favor para você mesmo e volte aqui por conta própria, com tempo para desfrutar da praia com mais tranquilidade.

Mergulho autônomo
Os praticantes de mergulho sabem que aqui estão alguns dos melhores pontos do Brasil para admirar a fauna marinha, com águas mornas e de ótima visibilidade (chega a 50 metros na horizontal!). Entre agosto e novembro, a transparência das águas está no ápice. 
Mesmo que você não seja credenciado, saiba que vale a pena colocar o cilindro nas costas e as nadadeiras em Noronha. Faça o batismo (primeiro mergulho acompanhado de um instrutor) e você vai nadar com tartarugas, arraias e peixes coloridos. Mas não se esqueça que é indispensável respeitar o intervalo mínimo de 12 horas entre o mergulho e o voo de volta, para evitar problemas pulmonares.

Mirante da Baía dos Golfinhos
Para cá você pode vir por conta própria (ônibus, táxi ou veículo alugado). Uma trilha curta (1 km) a partir do estacionamento da Baía do Sancho leva até o mirante da Baía dos Golfinhos. É preciso acordar cedo para observar os saltos acrobáticos dos golfinhos-rotadores, pois o melhor horário é das 6h às 7h30. Mas não se empolgue demais: você vai avistá-los bem de longe. Binóculos são necessários. Leve os seus ou pegue emprestado dos biólogos de plantão, caso eles estejam por lá.

Golfinhos-rotadores
Há muitos bichos para admirar em Noronha, mas os golfinhos-rotadores certamente estão na lista dos mais amados pelos turistas que visitam a ilha. No mirante dos golfinhos é possível avistá-los de longe, se você acordar cedo. Para vê-los de perto, é preciso fazer um passeio de barco, pois eles costumam acompanhar a embarcação. A expectativa durante o passeio é grande - e os gritos são garantidos quando eles surgirem, saltitantes, na superfície da água. Inesquecível, mas como todo espetáculo da natureza, não é garantido.

Praia do Atalaia
Na maré baixa, forma-se uma rasa piscina natural que faz a alegria dos turistas equipados de snorkel. Mas é preciso ter consciência ambiental para não acabar com os delicados corais e a rica  fauna marinha que lá vive. O Instituto Chico Mendes controla o acesso de visitantes, que só podem entrar lá acompanhados de um guia credenciado. Há limite de tempo e proibições, como o uso de filtro solar. O agente ambiental fará várias exigências, obedeça, você está em um parque nacional marinho. A natureza agradece.

Trekking
Há várias caminhadas que podem ser feitas pela ilha; uma das mais procuradas é o trekking até a Praia do Atalaia. O passeio leva cinco horas, com paradas por piscinas naturais e mirantes - escolha um calçado confortável e antiderrapante. No final, a recompensa é nada menos que a piscina natural do Atalaia.

Surfe
As praias de Cacimba do Padre, Boldró e Conceição são as mais procuradas pelos surfistas. Segundo o GUIA QUATRO RODAS, a melhor época para a atividade é entre janeiro e fevereiro, quando as ondas ficam maiores, mais longas e consistentes.

Praia do Leão
Mais uma das lindas praias de Noronha, que leva cinco estrelas no GUIA QUATRO RODAS BRASIL 2012. Nesta foto, você vê à esquerda a pedra que tem um formato que lembra o de um leão-marinho, o que inspirou o nome da praia. 
À direita, está o Morro da Viuvinha, onde muitas aves fazem ninhos. Venha aqui para curtir o sossego, pois na maior praia do arquipélago há grande chance de você conseguir ficar bem longe de outras pessoas (se você quiser, é claro). Só não se esqueça de trazer água e algum lanchinho, pois não há estrutura na praia.

Vista do Forte de Nossa Senhora dos Remédios
Reserve um tempinho para conhecer a Vila dos Remédios e visitar o Forte de Nossa Senhora dos Remédios. Leve a câmera para fazer fotos na frente da pequenina Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, do Palácio São Miguel e, principalmente, da vista das praias do Meio e da Conceição, com o Morro do Pico ao fundo. É um passeio que você faz por conta própria, sem gastar nada, apenas o solado do calçado.

Passeios de Buggy
O veículo mais utilizado pelos turistas em Noronha é o buggy. É possível alugar o veículo, contratar o "bugueiro" ou pagar a corrida do táxi/buggy. No seu primeiro dia na ilha, é altamente recomendável fazer o Ilhatur, passeio que dura o dia todo e passa rapidamente pelos principais pontos de Noronha - seja de buggy, Land Rover ou caminhonete. O tour termina no mirante do Boldró, onde geralmente é possível apreciar um belíssimo (sim, no superlativo) pôr de sol.

Praia da Baía dos Porcos
Apesar de pequena, com apenas 100 metros de extensão, esta praia ganha cinco estrelas do GUIA QUATRO RODAS BRASIL 2012. Veja a foto acima: ela justifica a fama, mas não diz tudo, pois a beleza dela está também nas piscinas naturais que se formam na maré baixa. 
Leve o snorkel e tome cuidado com as pedras escorregadias. A partir do mirante, faça uma foto clássica sua com o Morro Dois Irmãos ao fundo. Acredite nos seus olhos e sorria, você está em Noronha.

Tartarugas
Uma das atividades realizadas pelo Projeto Tamar em Fernando de Noronha (PE), é a "abertura de ninho", quando os filhotes das tartarugas marinhas se encontram com o mar pela primeira vez, mas isso acontece de março a julho. Pode parecer estranho, mas à noite a sede do Tamar vira o point dos turistas que estão na ilha. Lá são realizadas palestras gratuitas sobre biologia marinha e preservação.

Praia da Conceição
Esta praia tem algo raro em Noronha: um bar pé na areia, o Duda Rei. Tome uma cervejinha e belisque um queijo coalho grelhado enquanto avista o Morro do Pico, faça uma caminhada pela extensa faixa de areia e, se a maré estiver baixa, explore as piscinas naturais que se formam no lado direito da praia. De abril a novembro, o mar fica calmo, mas de dezembro a março a praia é dos surfistas, com ondas de 1,5 metro. Sorte de quem estiver hospedado na Vila do Trinta ou na Vila dos Remédios, que consegue vir até a Praia da Conceição a pé.







Aproveite e conheça nossas promoções exclusivas para Fernando de Noronha.
Para saber mais envie um e-mail para:
atendimento@royaletur.com.br ou pelo WhatsApp: 11 9727-23652.

Vem com a gente! RH Boutique te leva aos locais mais encantadores do mundo!

Postagens mais visitadas